quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Flora silvestre

Olhos cerrados
Voz pantanosa
Umidade amazônica

E o desejo que mata
Atlanticamente

Pra que sertão
Se posso
Ser tua

Nenhum comentário:

Postar um comentário