quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Eixo monumental


Vê-de Brasília e seu contraste:
Verde e concreto em toda parte
Acima o céu mais alto e
Vasto que qualquer plano
Que voa e cobre esse Planalto
Realizado pouso e aeroplano
Resiliente, vário e soberano
Que tanto é barro e seca quente
Quanto vida, cor e gente
Exílio de tronco torto e raiz funda
E um Lago à beira que me inunda
Mesmo que cartesiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário